segunda-feira, maio 02, 2011

A Sombra dos Arcanos Maiores




[autor desconhecido, tradução Luciana Onofre]







A seguir a primeira parte de um texto cujo tema é a analise do lado escuro ou sombra dos Arcanos Maiores, em outra oportunidade  a sequência dos arcanos faltantes.
Recebi o texto sem citação de fontes ou autoria, caso alguém saiba tais dados, por favor me comunique.



O Louco


Tendência a ignorar a voz interior; medo perante o futuro; há permanência psicológica num estágio determinado; costuma parecer muito desligado, permitindo que outros tirem proveito dele; recusa em testar novos caminhos; rigidez.



O Mago

Não aplica esforços nem energia com orientação correta; mente dispersa; carece de concentração ou se concentra em temas satélites e não no problema central. Pessimismo. Emprega o engano como meio para atingir objetivos. Não é assertivo. Abusa do poder em beneficio próprio. Inicia diversos projetos e não leva a termo nenhum por falta de motivação.




A Sacerdotisa

Ser por demais intelectual. Incapacidade de confiar na intuição. Tendência a ser superficial. Falta de disposição para analisar o inconsciente. Incapacidade para aceitar sua porção feminina ou masculina. Vive atrelado a uma natureza meramente intuitiva e encontra dificuldade para lidar com o mundo real. Ódio para com outras mulheres. Recusa a tudo o que diz respeito ao esoterismo.



A Imperatriz

Tendência a ser controladora. O arquétipo da madrasta má. Concentra sua energia de forma exacerbada nos outros, deixando de lado a si mesmo. Asfixia aos outros com um amor que sufoca a individualidade. Incapacidade de superar relações já terminadas. Mostra-se excessivamente “necessitado” no que diz respeito a emoções. Rigidez mental, não aceita outros pontos de vista. Aferra-se ao passado. Destrui em vez de criar. Apega-se a situações destrutivas ou improdutivas.



O Imperador

Desilusão perante a vida. Carece sentido de aventura. Intelecto sem imaginação. Controle dos demais mediante a agressividade. Depende de outros para ter controle sobre si mesmo. Dificuldade para tomada de decisões. Confunde autoridade com dominação. Enfurece-se quando contrariado. Ausência total de controle. Figura paternal tirânica. Imaturidade e teimosia.



O Hierofante

Intolerância para com outras crenças que diferem das suas. Perde-se numa retórica sem fundamento algum. Adota princípios sem antes estuda-los. Segue regras cegamente sem pensar nas consequências. Fé cega e dogmatismo. Contraria seus princípios apenas para ser aceito por outros. Corrupção espiritual. Repressão dos próprios valores espirituais. Agressividade contra a ordem estabelecida.



Os Amantes

Incapacidade de tomar decisões, de confiar no amor ou arriscar-se a perder o controle. Sensação de perda, sem guia para se valer apenas do intelecto. Escolha irresponsável. Infidelidade. Incapacidade para abrir seus sentimentos numa relação. Sensação de desequilíbrio. Dificuldade para reconhecer aspectos em conflito. Resistência a mudanças que possam gerar a integração de forças em conflito.



O Carro

Incompreensão o não conseguir controlar impulsos internos. Ego excessivo. Auto controle em base a negação. Força e autoridades oriundas de circunstancias atuais e não de reflexões. Conflitos internos ou com outros. Lutas que parecem não ter algum propósito. Ausência de objetivos claros. Necessidade de controlar aos demais. Pensamento fixo e rígido.




A Força

Ausência de coragem e integridade. Insegurança. Agressividade. Ira, provavelmente manifestada mediante abusos de toda índole. Falta de compaixão, egoísmo. Tendência à violência. Medo à natureza instintiva. Soterramento dessa natureza instintual.



O Eremita

Medo ao isolamento e às situações enfadonhas. Medo a manter pensamentos de reflexão. Realiza atividades que não possuem importância, ou ao contrário sente uma necessidade imensa de atribuir importância a coisas simples. Dependente de um conselheiro psíquico, espiritual, xamã, astrólogo ou vidente. Dependência de um guru espiritual. Isolamento do mundo. Fuga dos problemas pessoais. Incapacidade para aceitar o passo do tempo e a chegada da idade avançada ou da morte. Impaciência, depressão ou indecisão imperativas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sibile...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...